quarta-feira, 16 de abril de 2008

A vida em cor de rosa

Você já se imaginou vestindo apenas a cor de sua preferência?! Além disso, ter objetos e pertences com essa cor? Thaís Galdino, a menina da foto, sim. Desfila toda a sua cor (de rosa) pelos corredores de uma faculdade de moda do Rio. De lingerie à caneta tudo é pink em variados tons. A entrevistei para entender um pouco mais desse universo monocromático.

Como e quando você tomou a decisão de só vestir rosa?
Não foi uma decisão. Aconteceu naturalmente já que eu não me sentia bem - como não me sinto bem-, com outras cores e se eu não gosto de uma coisa não vou usar e ponto.

Você não tem medo de cair na obviedade?
Muitas vezes as pessoas acham que conhecem as outras só por verem passar ou por terem conversado uma vez, mas a verdade é que nada é tão simples assim. Não é por que as pessoas sabem que eu vou usar a mesma cor todos os dias, que elas me conhecem de verdade. Mesmo dizendo que sim, ninguém conhece o outro na sua verdadeira essência, só por ver passar. Não corro o risco de ser óbvia e mesmo se corresse não me preocupo com que os outros pensam ou dizem de mim. Já me acostumei... Ah! Uma coisinha a se pensar: Hitler exterminava todos aqueles que não eram louros e que não tinham olhos azuis, mas ele mesmo não continha essas características e ninguém pensou em matá-lo por conta disso. Não era a coisa mais óbvia a se fazer?!

No que a sua predileção por rosa influencia em sua visão da moda?
Não acho que os outros teriam que ser iguais a mim, mas quando se lida com o preconceito de perto aprendemos, ao menos eu aprendi, a não ter os mesmos pensamentos dos outros, não fico reclamando ou falando de um ou outro por vestirem isso ou aquilo, temos que respeitar as pessoas como são. Essa predileção me fez passar por situações em que percebi o que muitas pessoas adoram fazer que é falar mal dos outros, assim, me mostraram como injustos são aqueles que julgam , sem nem mesmo enxergar a si próprios. A moda é um meio de mostrar estilo e atitude e estilo cada um tem o seu.

Você criaria uma coleção toda rosa?
Com certeza sim! Provavelmente seria a coleção que me traria mais orgulho. Quando se faz algo que tem sua alma envolvida, com certeza, é o que te inspira mais.

Quais são seus ícones fashions?
Não me inspiro em ninguém, ao menos não propositalmente, mas ícones que valem serem ressaltados seriam: a Barbie, um brinquedo que tornou-se um ícone conforme os anos, Marilyn Monroe, que personificou o glamour de Hollywood com incomparável brilho e energia que encantaram o mundo até hoje. E é claro Madonna, assim como a anterior, é um exemplo de polêmica e personalidade forte e eu adoro isso! Admiro pessoas que, como eu, encaram a polêmica e a crítica com naturalidade e bom humor.

E você não enjoa de vestir sempre a mesma cor?
Sinceramente não, e se não enjoei até agora, não enjôo mais. Quando olho para todos os meus pertences e vejo tudo rosa, penso: “Nossa, que lindo!”. E é nesse momento que me sinto melhor ainda.

Essa foi a "menina cor de rosa" que, de acordo com seu discurso, não seria alvo de nazistas. Aliás, não deve ser alvo de coisa alguma, já que vivemos sob um regime que prega a liberdade. Uma liberdade aplicável à loiros, negros, albinos, azuis e rosas.

5 comentários:

Rachel disse...

Huuumm... Ela que deu essas respostas ai? Ahammm.. :P
eu amo as suas visitas!!!
Beijooos

Carolina Carvalho disse...

Prii, só vc pra achar um furo de reportagem na "rosinha"!!!Achava uma graça quando Gilda chamava ela assim!!!!rsrsrsrsrsr!!!
bjokas

Márcia Mesquita disse...

hahaha que figura!!!

não fui aluna da gilda não =)
só coloquei o curso dela na puc aqui. fui aluna da iesa rodrigues no senac =)

bjs

gi tomaz disse...

nooossa...como eu disse no blog, se essa essa moda pega eu q ja sou uma especie de semi-monocromatica, fico com o pretinho basico de sempre !!! hehehehe

bjux , pri !!!

no hay otros paraísos que los paraísos perdidos. disse...

gente, esse comentário sobre o hitler foi totalmente mongo. céus.
e deve ser insuportável olhar pra essa menina, hehehe.
:)


entrevista legal, anyway!