segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Retratos que retratam

E dá-lhe coceira no nariz, pigarro e espirros: lá foi a alérgica atrás das caixinhas repletas de fotografias. A era digital tirou a graça dos espirros, a graça de pegar a foto, de ficar um tempo olhando-as enquanto as lembranças e emoções vêm à pele. A coisa de pele perdeu o sentido quando precisamos ligar o computador, abrir pastas e clicar para a imagem aparecer. E é chato ficar clicando ao invés de passar as fotografias com as próprias mãos. Bem, me baseando, pra não dizer “copiando”, (n)a idéia da Márcia Mesquita, compilei algumas fotos de família, as mais interessantes no quesito figurino. Algumas, confesso, me atentei ao clima do retrato. Já disse aqui sobre traços refletindo o tempo. E nada como os retratos para "retratar" os climas de épocas diversas. Assim como no caso da blogueira que me inspirou, a minha família não tinha muitos recursos, mas andavam bem arrumadinhos. Minha avó costurava e é dela a máquina que eu herdei - infelizmente vendida por uma bagatela. Na foto seguinte, minha mãe - a segunda da esquerda para a direita - veste uma blusa muito legal e a calça do irmão mais velho e faz pose de envergonhada. Minha avó usa um vestido trapézio igual o da Dona Florinda da ponta. Meu tio, com cabelo emo, é o abraçado pela vovó.


Nessa, o vestido que na verdade é azul, mas aparece verde na foto, acinturado em decote V da mamãe. A vovó, continua com o trapézio, menos evasê, dessa vez. Meu tio, super ousado com uma calça roxa e blusa estampada.


Essa eu achei ótima! Além do clima bacana, a blusa listrada da mamys é linda e eu quero uma já! Ela me disse que era uma bata com uma espécie de costura - onde se vê um botão e era muito usada "naquela época". Na parte de baixo ela usava uma pantalona que infelizmente não aparece na fotografia. Os óculos de nerd completam o visual.


Por fim, vovó de pantalona roxa e uma espécie de blusa-colete agarrada a seu disco do Roberto e tomando um líquido que eu não arrisco dizer qual era.

Resolvi guardar o restante pra depois pra não ficar cansativo.

Obrigada a todos que vêm comentando aqui! Fico feliz de não ser mais tão afamada! =)

18 comentários:

Anônimo disse...

sinceramente acho q o mundo virtual abriu um leque de agilidade tão grande q deixamos coisas bobas e importantes passar por despercebido.hj em dia não se vai mais ao banco pagar contas e efrentar filas quilométricas,e também não se bate mais perna em um shopping,ou fica por fora do ultimo hit recém lançado na ilha Bora bora(ou algum lugar com nome estranho,q faz musica boa).isso é tudo muito legal,mas esquecem q o computador é uma maquina,não há sentimentos nisso.muitos conversam com vizinhos de bairro,de condomínio por msn,podendo realmente estar jogando conversa fora pelas cordas vocais,e não pelos indicadores(eu tc apenas com esse dedo,impressionantemente).enfim o pc ajuda e atrapalha,a vida de hj ajuda e atrapalha.nos ajuda a fazer tarefas chatas para preguiçosos,mas acomoda também quem tem vontade de viver. beijos Pri.

Pamela disse...

Seu tio emo é muito fashion!

Alan Vasconcellos disse...

Acho que cada um tem que viver sua época (comentando o comentário de cima), é muito bom pegar as fotos de família e ver todo mundo estiloso, ver algumas coisas cafonas, é claro, mas coisas que achamos cafonas agora e será moda de novo daqui a algum tempo, bj Pri.

Mans disse...

eu sinto falta das fotografias como eram antes
câmera digital tem suas facilidades mas na boa, zero charme

eu gosto da surpresa do clique

Bourbon disse...

adorei os looks, super na moda denovo né! adorei as calças coloridas do seu tio, as blusas e o vestido de sua mãe, enfim, adorei!
:)

phillip spotter disse...

muito bom! deveras estilosa, tu madre, heheheh.

beijo.

Pedro Beck disse...

Como já dizia o funk: "Geral, num ombro só"

UHAHUAHUAUHIUHIAIUHAIHUA

Medo de ti, Pri!

drosofila disse...

Ai, amei! Um dia tomo um celestamine e faço a mesma coisa. Minha mãe era meio hippie, deve ter cada foto geniaaaaal sendo comida pelas traças!

Márcia Mesquita disse...

a melhor foi a foto com o lp do Rei!!!!!! heuheuaheuh

bjs

Pedro Beck disse...

Que mal há em ser afamada? =)

Pedro Beck disse...

Atualiza, guria!

Gi Tomaz disse...

seu tio era emo , antes do emo existir ...rsrsrs

meu papito era paz e amor total, e minha mae da era discoteca, imagina so o acervo daqui de cs...hauahaua so figura !!!!!

adoreeei !!!
bjuuux pri safadinhaaaaaaaaaaaaaa

Fê Resende disse...

não acredito que vc vendeu a máquina da sua avóóóóóóóó!

Julia Salgueiro disse...

Menina que essas fotos antigas são tuuuuuuuuudo!
Peguei umas aquiem casa dia desses e tava analisando tb. Muito legais.
Bjuxxx
Julia
modamodamoda.zip.net

tania disse...

Simplesmente aaaaaaammmmmmmmmmmmmmmmeeeeeeeeeeei a fot em que as mulheres aparecem com aqueles vestidinhos curtos, principalmente porque sou fascinada por fotos antigas.
Agora me conta, elas eram super fashion, né?
Beijocas, NÃO SOMOS APENAS ROSTINHOS BONITOS (http://rostinhosbonitos@blogspot.com)

Rachel disse...

hahahhaha to amandoooooooooooooooooo!!!!

Roberta disse...

Menina, achei seu blog super por acaso e adorei! Adorei as fotos, adoro fotos antigas! Boas lembrancas e seus comentários foram hilariantes! Vestido d dona Florinda e tio com cabelo emo foi ótimo!
Boa semana!
Roberta

Anônimo disse...

what bands are good to see for emo hairstyles?
[url=http://www.emo-hairstyles.info/]emo hair[/url]