sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

"Vem Carol!"

Lá ia eu caminhando e pensando. Pensava a respeito das bolsas ecológicas e do seu efetivo funcionamento - imagina você colocar cenoura, tomate, chuchu e banana tudo sobre os ombros?! Continuei pensando até que uma cena chamou estranhamente minha atenção: uma senhora, acompanhada de duas crianças, levava numa coleira um... Bode! Parecia uma cena corriqueira de alguém levando o cachorrinho para passear, com a exceção do animal ser substituído por outro quadrúpede! Até que eu descobri que o bode na verdade era cabrita! Como?! A senhora gritava: "- vem, Carol!". A partir daí meus devaneios foram substituídos para o tão falado novo country. Apesar de residir em um lugar onde cachorros são facilmente substituídos por cabritas, olho com certa desconfiança para a nova tendência, por uma questão de gosto. Franjas pra mim, só servem no cabelo. Couro, é sado-masô ou peão de Boiadeiro demais pra mim. O que me resta são o xadrez e os babados. Botas, sou a favor das galochas, coloridas, de plástico e divertidas e muitas vezes fazendo toda a diferença no visual. Lenços, também sou a favor, pelos mesmo motivos divertidos das galochas. Acredito na possibilidade de se compor um look harmônico no que se propõe o new country, mais quando se mistura estilos e tendências diversas do que quando se vira "vaqueira" por completo.

Vestido e galocha "pegando fogo" Do Estilista
O Country Chic de Reinaldo Lourenço
Também Do Estilista, um country masculino urbano

Já Alexandre Herchcovitch, veio com os malvadões que mastigam mato e dizem "hey, garoto"
Finalmente, as galochas da 2nd Floor

3 comentários:

Márcia Mesquita disse...

Olá!

obrigada pela visita ao blog e pelos comentários!
Fiz o curso de Jornalismo de Moda no Senac-Rio na unidade de Copacabana. A coordenação é da Iesa, que também dá aulas ao lado de outros professores. Acho que vai começar uma turma em março. Eu gostei muito, comecei o blog por causa do curso. O site do senac não tem muitas infos, mas você pode ligar lá para a unidade de copa e perguntar.
bjs

Pedro Beck disse...

Galocha é tudo tudo tudo de bom!

E, particularmente, to adorando essa vibe de new country.

Quanto a lenços, ta virando (já virou) lugar comum demais.

Eu posso ser um apedeuta ignorante (redundante), mas o look country do Sommer para mim não tem nada de country.

Country urbano para mim é demais. Igual new rave.

Lembrei das pessoas que dizem que são "pós-contemporâneas". O que diabos isto pode significar? Que elas são do futuro, só pode.

Enfim.

Fê Resende disse...

adorei o fundamento "franka só no cabelo" e continuando. =)